Aprender ou ensinar

 

 
Desde pequenos aprendemos algo. As primeiras coisas que nos ensinam são a falar: papai e mamãe, daquele jeito infantil que os pais ficam quando recebem um novo membro na família e talvez o que ouvimos por mais vezes é a palavra “não”.

Depois nos ensinam a andar, vamos à escola, aprendemos a ler, continuamos crescendo e aprendendo cada vez mais até nos tornarmos adultos.

Aí, criamos um impasse em nossas vidas: aprender mais ou ensinar aos que não sabem?

Se você está hoje nesse dilema, talvez possa ajudar com algumas dicas que podem ser preciosas.

Aprenda ensinando.

Ao longo de sua vida, com certeza, você aprendeu a fazer algumas coisas importantes, não é mesmo?

E tenho certeza que faz melhor do que muitos por aí. 
Mas, ao longo do tempo, elas vão ficando esquecidas num cantinho qualquer de sua estrada.

Essa é a principal razão pela qual, geralmente, as pessoas esquecem aquilo que aprendem.

A melhor maneira de manter vivo o nosso próprio aprendizado, sem deixá-lo escondido nos cantos da vida, é praticar esse conhecimento, dividindo-o com as pessoas à sua volta, ensinando.

É ensinando que se aprende cada vez mais.
 
Encontre um espaço no seu trabalho, em sua casa, em sua comunidade onde possa ensinar algo que tenha aprendido e que será útil às pessoas.

Ensine da mesma forma que você aprendeu, ou melhor, se possível, e divida tudo que aprendeu e estará aprendendo muito mais.

Aprenda arrumar um tempo para você. Já percebeu que arruma tempo para fazer tanta coisa para um monte de gente e que quando resolve fazer algo por você está com muito cansaço ou não tem tempo?

Pois é!
 
Tire um tempo para algo que gosta de fazer, mas, só você, sem ninguém.
Não se iluda com o jogo do contente. Aquele joguinho onde você diz que um dia fará tal coisa, talvez nas férias, talvez na aposentadoria...

Faça agora, você precisa de pelo menos um minuto para você e esse momento tem que ser já.
Já reparou que se o seu carro sofre um amassadinho você corre para o martelinho de ouro, mas se sua a visão embaça você enrola para ir ao oculista?
 
Encontre um tempo para você e rápido.

Antes que o seu carro esteja sempre zero-quilômetro e você pareça uma charanga velha, rateando pelas esquinas da vida.
Você descobrirá, arranjando esse tempo para si, que se renovará constantemente, tendo energia de sobra e paz suficiente, sem precisar para isso ir visitar o Nepal...

Ensine as pessoas a fazer projetos simples.

Existe muita gente pelo mundo que projeta uma vida tão ambiciosa que acaba morando no Monte Olimpo, e Zeus fica morando no andar de baixo...

Aí você pode me dizer:
 
- Mas, não temos de ser ambiciosos, como conseguiremos crescer na vida sem ambição?

Eu vou lhe responder que projetos faraônicos eram coisas de Faraós e não de candidatos à farofa...

Acredito que temos de ser do tamanho de nossas possibilidades e fazê-las crescer, mesmo que pouco a pouco, assim nós cresceremos com elas, construindo o que eu chamo de sonho e não ambição.

Essa história de pensar grande e sonhar maior ainda é muito poética, mas pouco eficaz.

Muita gente imagina ser capaz de carregar um fardo muito pesado, mas, aos poucos, sente nas costas a mesma sutileza de uma pata de um elefante, vendo suas expectativas grandiosas indo embora...

Ensine as pessoas a ter pequenas atitudes, todos os dias, que possam produzir um resultado positivo na direção de seus grandes desejos.
As pessoas mais cultas do planeta tiveram que aprender primeiro o bê-á-bá para depois seguirem adiante...

Grande parte das pessoas fracassa por se envolver em projetos baseados em suposições, sem nenhuma estrutura para se sustentar quando o primeiro entrave surgir.

Mostre-lhe que pequenas atitudes podem gerar grandes resultados.
Ensine-lhes que é possível colocar seus sonhos e projetos nas nuvens, mas primeiro tem que se construir cada degrau para chegar lá.

Não os deixe querer andar na velocidade do som.

Ensine-os a andar na velocidade de seu próprio ritmo e seus maiores sonhos chegarão, com certeza, assim como os seus chegaram.

E, com isso, você terá ensinado tudo o que aprendeu.

Com o tempo que você tem agora, pise construindo, degrau por degrau, com fé que em breve você terá seu caminho pronto para seguir sem medo.


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pessoa positiva ou otimista

O Estado de São Paulo é a locomotiva do Brasil

Origem do Dia do Amigo