A vida bate onde a gente chuta



A sensibilidade de valorizar detalhes de nossa trajetória é uma verdadeira “lei da causa e efeito”. Tudo que não valorizamos, é ali que vamos sofrer. Muitas vezes a pessoa tem um bom marido uma boa esposa, e faz de tudo por uma separação e depois de viver outros relacionamentos percebe que tinha algo importante em suas mãos.

A pessoa está em um emprego legal, mas não valoriza nada que acontece ali e pula para outro, não demora a estar na mesma situação outra vez. Com as amizades acontece o mesmo, por não valoriza-las termina-se por perde-las. Com as oportunidades não é diferente, não as valorizamos quando temos em mãos e sofremos quando as deixamos passar.

Valorize mais as coisas e pessoas que você tem ao alcance de suas mãos, trate-as como se fossem uma preciosidade rara. Você sempre vai precisar começar de onde está, portanto faça do lugar onde está algo importante para você, algo que mereça toda sua atenção, todo seu respeito e toda sua admiração.

Nossa cobrança na vida vem sempre exatamente onde fomos negligentes, onde não nos dedicamos como deveríamos nos dedicar, onde não amamos como deveríamos amar. O melhor não pode ficar em nosso passado, ele tem de viver em nosso presente e nos auxiliar na construção de nosso futuro. Empregue sua melhor energia em tudo que está ao alcance de suas mãos. Onde suas mãos estiverem é onde a vida vai fazer seus registros. Tenha em seu coração um sentimento de gratidão, um sentimento de saber atribuir a verdadeira importância ao que realmente é importante. Tudo que você valorizar hoje, a vida vai abençoar amanhã. Ainda é possível você recuperar o tempo perdido com as pessoas e coisas que não valorizou, sempre é tempo de fazer o melhor e agir como realmente estamos destinados.

Cesar Romão
www.cesarromao.com.br
 Copyright
Registrado conforme Lei nº 9.610/9

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pessoa positiva ou otimista

O Estado de São Paulo é a locomotiva do Brasil

Origem do Dia do Amigo