Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Pagar com nota de 50 ou 100 nos coloca no grupo de risco

Imagem
Pagar uma conta em um supermercado com uma nota de real na cifra de 50 ou 100, tornou-se uma afronta.

A pessoa do caixa olha bem no seu rosto, depois eleva a nota acima da cabeça, passa sua unha em diversas partes da nota, olha novamente para seu rosto, faz uma inspeção novamente na nota e como se tivesse feito treinamento intensivo no Banco Central, finalmente constata que sua nota é verdadeira, aceita e joga-a no caixa, mas não antes de criar ali uma boa cena de constrangimento.

Eu gostaria de saber em que setor do Banco Central ou em nossa Casa da Moeda estas pessoas são treinadas, para numa "unhada" saberem se a nota vale ou não vale.

O FBI deveria contratar os caixas de supermercados do Brasil para auxiliarem na busca de dólar falso.

O "pseudismo" neste país é algo impressionante, as pessoas fazem de conta que sabem, colocam pose de quem sabe, se comportam como quem sabe e até parece que sabem, mas não sabem é nada de nada.

Ainda se a nota fosse submetida a um…

Um dia sem nenhum amigo

Imagem
Recebi um e-mail de uma amiga narrando que ela estava muito triste e resolvi telefonar para falarmos, ao atender-me começou a chorar sem parar. 

Me disse que sua tristeza era em razão de que naqueles últimos quatro dias de feriado, ela abria seu Facebook a todo momento e não recebeu nenhuma solicitação de amizade.

Por esta razão reclamava e sofria por sentir um vazio interior imenso.

Parece que algumas pessoas encontraram mais um motivo para criarem tristeza em seus corações e mais algumas "neuras".

Quando estamos vazios por dentro, este vazio se espalha por nossa vida de uma forma silenciosa e aos poucos vai promovendo o eco do nada em nossa mente, nos tornando reféns de uma condição emocional dominadora que só pode ser vencida com muita autoestima e consciência existencial.

O Facebook nunca terá uma memória como a nossa

Imagem
Zuckerberg fundou o Facebook em 2004, junto com Dustin MoskovitzEduardo Saverin e Chris Hughes, quando eram estudantes da Universidade Harvard. Merecem toda admiração que têm conquistado pelo mundo. 

O Facebook é o novo documento de identidade das pessoas que desejam estar nas mídias sociais. O que talvez os gênios e cientistas da computação que trabalham no Facebook nunca vão conseguir resolver, é a questão: conheço ou não conheço a pessoa que estou solicitando para adicionar aos amigos


A razão é simples: o Facebook não é humano, só sabe da minha vida o que informo, não tem a mínima noção de que tipo de relacionamento tenho com determinadas pessoas e mesmo assim, ele decide de quem sou ou não amigo. Tem sido comum, pessoas tentarem, veja bem, tentarem adicionar outras pessoas que realmente são suas amigas e o Facebook pergunta se realmente conhece a pessoa, ou em outros casos exibe a mensagem que a pessoa está tentando manter contato com estranhos. 

E por não ter a mínima idéia de q…

Uma reflexão da escritora Marlene Theodoro que merece ser apreciada

Imagem
O pão nosso de cada dia O símbolo do pão é uma das ideias mais bonitas (e uma das evocações mais fortes) que uma oração poderia trazer, pois desde tempos imemoriais a luta pela sobrevivência acompanhou os caminhos do homem aqui na terra.
O pão que o alimentava era conseguido a duras penas, com muito trabalho e muitas lutas. Por isso, só era compartilhado com quem se pudesse perceber o mesmo propósito de vida, a mesma garra, a mesma solidariedade - um companheiro (do latim cum panis), ou seja, aquele com quem se  come  o pão.
 Mesmo nos dias de hoje, tempos de fast food e slow food, industrializados e orgânicos, calóricos e light entre outros, esse mesmo valor persiste entre nós, pois ter um ambiente harmonioso é condição fundamental quando comemos; mais do que o alimento, a emoção que acontece e se desenvolve entre as pessoas é fator decisivo para uma boa refeição.
“O pão nosso de cada dia nos dai hoje” é uma das sete súplicas contidas na oração do Pai Nosso, uma das preces mais singel…
Imagem
Neste mês tive a honra e alegria de olhar para minha platéia e encontrar o  Renomado Professor de Comunicação e escritor J.B.Oliveira, um amigo, Irmão e grande companheiro da caminhada espiritual, assim como a referência Iberoamericana em Oratória Reinaldo Polito, juntos dividimos o palco para 6.000 pessoas, as quais considero verdadeiros Jardineiros de Deus. Não foi uma palestra fácil com dois mestres da oratória de olho nos meus passos naquele palco, mas acho que passei na avaliação.

Casais que conversam sobre seu relacionamento buscam a felicidade

Imagem
Só o amor não basta, ele é um exercício constante entre duas pessoas que buscam a felicidade e precisa de muitos outros fatores para mostrar sua importância no contexto de uma união verdadeira.
http://mais.uol.com.br/view/qhih982cekmh/cesar-romo--rdio-mundial-957fm-04020D9C3566E0890326?types=A&

A confiança ainda existe

Imagem
Numa manhã eu entrava na padaria perto de minha casa, uma mulher mendigava na porta por alguns reais, afirmando que precisava comprar leite e pão para seus filhos que choravam em seu barraco.

Muitas pessoas entravam e saiam da padaria sem praticamente notá-la, afinal vemos esta cena a cada metro na cidade de São Paulo.

Quando passei por ela, seu rosto surrado pela vida, fez saltar um leve sorriso em minha direção e logo repetiu o que disse à todos que ali passavam.

Eu perguntei à ela se poderia confiar no que estava dizendo, ela respondeu:

- "pode confiar, eu juro que é verdade".

Ao sair dei-lhe um bom valor em dinheiro, seus olhos saltaram com um brilho de alegria e suas mãos tremulas quase nem podiam segurar as notas.

Alguns poucos minutos depois de sair da padaria, tive de voltar, pois havia esquecido de comprar algo que meu filho pediu justamente para não esquecer, é ai que a gente esquece. 

Ao aproximar-me da padaria, a mulher cruzou comigo, tinha nas mãos sacolas da pada…

A bagagem da vida deve ficar pelo caminho da vida

Imagem
São tantas as coisas que vamos deixando guardadas em nosso coração e nosso cérebro durante nosso caminho pela existência, que muitas vezes a maioria delas por ser tão antiga, nos atrapalha na descoberta do novo.

Sofremos traumas emocionais das mais variadas formas e modelos nas diversas fases de nossa busca.

Quando percebemos já nos deixamos moldar por padrões familiares distorcidos da realidade que gostaríamos de viver, por anseios distantes dos que batem em nosso coração, por um retardamento em nossa vontade de ser feliz e quando olhamos para nós mesmos dizemos: "não era nada disto que eu queria para mim".

Deixe sua bagagem emocional causada pela vida no caminho da vida, não procure levá-la até o destino que tenta alcançar, você não vai conseguir ser feliz quando chegar lá com tantos vícios sentimentais de seu passado.

A vida nos causou algumas dores num determinado dia, e não devemos carrega-las por todos os nossos dias.

Abandone seus traumas de infância, abandone sua car…

Quando procurar defeitos nos amigos você vai encontrar

Imagem
Amigos fazem parte de nossa vida, muitas vezes são tudo que desejamos ter em alguns momentos alegres ou difíceis.

Quando procuramos por um amigo, devemos fazê-lo com os dois olhos, mas quando o encontramos, é melhor fechar os dois.

Procurar defeitos é algo comum e simples de se fazer, os defeitos procurados são sempre encontrados.

Esta realidade apaga aos poucos a imagem que se tinha daquela pessoa e começa um processo de análise crítica tão forte, que o amigo já não é mais tão amigo.

Devemos guardar dos amigos: as atitudes de amizade que ele nos proporcionou, as esperanças que ele nos ajudou a alimentar, o ombro que serviu para nos consolar, o sorriso ao nos encontrar. 

Somos todos portadores de muitos defeitos, principalmente aos olhos das pessoas que pensam e se comportam de maneira diferente de nós. 

Diferenças não são defeitos, elas são a matéria prima da qual somos feitos.

Nem tudo é como poderia ser

Imagem
Existem momentos na vida que o nosso desejo é ter controle sobre tudo.
Queremos controlar nossas amizades, nossos familiares, nossos pensamentos e nosso destino. Mas, quando estamos preocupados em controlar, esquecemos que a vida está passando e não estamos fazendo nada a mais para que ela aconteça como deveria acontecer.
Perdemos um tempo precioso tentando controlar tudo, quando deveríamos usar este tempo precioso para viver tudo que podemos viver.
Viva enquanto a vida acontece e não enquanto ela passa.